Habitação

Viana do Castelo reforça orçamento para dar habitação a 641 famílias

Setembro 6, 2023 · 9:36 am
Imagem de Jesus David Gomez na Unsplash

A Câmara Municipal de Viana do Castelo reforçou o orçamento da Estratégia Local de Habitação (ELH) 2021-2026, passando dos 28 milhões de euros previstos em 2021, para quase 51 milhões de euros, com o objetivo de dar resposta às necessidades de habitação de 641 famílias.

Em comunicado enviado ontem às redações, a autarquia de Viana do Castelo adiantou que “no total, a ELH prevê 50.701.945 euros, para beneficiar 641 agregados familiares”. Daquele montante, “44.216.945 euros são de responsabilidade municipal, e irão apoiar 457 famílias”.

Autarquia firma acordo com IHRU

O reforço do orçamento da ELH foi divulgado pelo presidente da Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, durante a assinatura do aditamento ao acordo de colaboração celebrado entre o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) e a autarquia da capital do Alto Minho.

“Só mitigaremos esta emergência que é a habitação se unirmos esforços a nível local. Temos de ser nós, localmente, a encontrar as soluções, não podemos esperar que o IHRU e o Governo resolvam o problema da habitação”, afirmou o autarca socialista, citado na nota, acrescentando, que o reforço do Programa 1º Direito “é uma oportunidade única que vai permitir intervir em todas os bairros de habitação social e construir novos”.

A formalização do reforço na ELH ocorreu na obra, em curso, na urbanização municipal da Felgueira, em Perre, com a presença da ministra da Habitação.

Citada na nota, Marina Gonçalves, afirmou que a ELH de Viana do Castelo “está em velocidade cruzeiro” e que a parceria permite ao município “avançar de forma mais célere e efetiva” para dar resposta “a um direito fundamental que é a habitação”.

ELH prevê reabilitação e nova construção

A ELH de Viana do Castelo, prevê, para obras de reabilitação e conservação no valor de 14.596.545 euros, abrangendo as urbanizações municipais da Areia, em Darque (374.000 euros, 42 agregados, em execução), da Felgueira, em Perre (1.475.974 euros, 32 agregados, em execução), da Costeira, Alvarães (1.197.090 euros, 24 agregados, adjudicada), do Meio, em Areosa, (1.760.000 euros, 32 agregados, concurso público a decorrer), do Malhão, também em Areosa (2.640.000 euros, 48 agregados, concurso público a decorrer), de Sendim de Baixo, em Castelo do Neiva (660.000 euros, 12 agregados, em estudo) e no lugar do Souto, em Barroselas (660.000 euros, 12 agregados, em estudo).

Cerca de 30 ME para nova construção

Já “para a construção nova, a ELH prevê 29.620.400 euros, para duas empreitadas e outras em estudo”. A “construção da Urbanização do Carvalhal, em Darque, representa um investimento de 9.498.000 euros, beneficiando 60 agregados, permitindo a transformação das atuais construções abarracadas do Acampamento das Alminhas”.

Em Alvarães, “o bairro de São José representa uma obra de 4.550.000 euros, para 22 agregados, com demolição e reconstrução com aumento de fogos”.

“A ELH conta ainda com 15.572.4000 euros para outras construções em estudo. Integra igualmente a construção da unidade de pernoita para pessoas em situação de sem-abrigo, por 1.460.000 euros, beneficiando 20 utentes”, refere a nota.

Já “os beneficiários diretos do programa que vão resolver autonomamente o seu problema habitacional contam com um orçamento de 4.080.000 euros para 129 agregados”.

A “Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo vai investir 2.405.000 euros para apoiar 55 agregados”.

Fonte: Lusa

Habitação

Lisboa aposta em construção mas deve prosseguir com reabilitação

Em 2023, a autarquia licenciou mais fogos reabilitados do que nova construção.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.

Habitação

Governo vai apresentar revisão da lei dos solos no próximo mês

A revisão da lei pretende acelerar respostas para criar mais habitação acessível e a preços controlados.

Leia mais

Habitação

Lisboa aposta em construção mas deve prosseguir com reabilitação

Em 2023, a autarquia licenciou mais fogos reabilitados do que nova construção.

Dinheiro

Rendas das casas sobem 7,1% em maio

Lisboa registou o maior aumento, de acordo com o INE.

Profissionais

Contagem decrescente para a V Conferência da Promoção Imobiliária

A Secretária de Estado da Habitação, Patrícia Gonçalves Costa, discursa no início da tarde na Conferência da Promoção Imobiliária.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.