Créditos

Taxas Euribor descem a três meses, a seis e a 12 meses

Dezembro 27, 2023 · 12:09 pm
Imagem de snowing on Freepik

A taxa Euribor desceu hoje a três meses, a seis e a 12 meses, face a sexta-feira, tendo batido mínimos em todos os prazos e permanecido abaixo de 4% em todos eles.

Com as alterações de hoje, a Euribor a três meses, que desceu para 3,925%, ficou acima da taxa a seis meses (3,885%) e da registada a 12 meses (3,556%).


A taxa Euribor a 12 meses, atualmente a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação com taxa variável e que esteve acima de 4% entre 16 de junho e 28 de novembro, desceu hoje para 3,556%, menos 0,027 pontos do que na sexta-feira e um novo mínimo desde 28 de março de 2023 (3,542%), depois de ter subido em 29 de setembro para 4,228%, um novo máximo desde novembro de 2008.


Segundo dados do BdP referentes a outubro de 2023, a Euribor a 12 meses representava 37,8% do ‘stock’ de empréstimos para habitação própria permanente com taxa variável. Os mesmos dados indicam que a Euribor a seis e a três meses representava 35,9% e 23,6%, respetivamente.


Euribor a seis meses

No prazo de seis meses, a taxa Euribor, que esteve acima de 4% entre 14 de setembro e 01 de dezembro, também recuou hoje, para 3,885%, menos 0,010 pontos que na sexta-feira, um novo mínimo desde 21 de julho de 2023 e contra o máximo desde novembro de 2008, de 4,143%, registado em 18 de outubro.

Euribor a três meses

Já a Euribor a três meses também caiu hoje face à sessão de sexta-feira, ao ser fixada em 3,925%, menos 0,006 pontos, um novo mínimo desde 22 dezembro de 2023 (3,931%) e depois de ter subido em 19 de outubro para 4,002%, um novo máximo desde novembro de 2008.

Tendência de subida desde fevereiro 2022


As Euribor começaram a subir mais significativamente a partir de 04 de fevereiro de 2022, depois de o BCE ter admitido que poderia subir as taxas de juro diretoras devido ao aumento da inflação na zona euro e a tendência foi reforçada com o início da invasão da Ucrânia pela Rússia em 24 de fevereiro de 2022.


Na mais recente reunião de política monetária, em 14 de dezembro, o BCE manteve as taxas de juro de referência pela segunda vez (consecutiva) desde 21 de julho de 2022.


A próxima reunião de política monetária do BCE, que será a primeira de 2024, realiza-se em 25 de janeiro.


As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses registaram mínimos de sempre, respetivamente, de -0,605% em 14 de dezembro de 2021, de -0,554% e de -0,518% em 20 de dezembro de 2021.


As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 19 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.


Fonte: Lusa

Créditos

Avaliação da habitação sobe 14 euros em janeiro

O valor mediano de avaliação bancária na habitação subiu 0,9% em janeiro.

Créditos

Quanto pago de juros na prestação da casa?

Taxa de juro implícita na habitação atinge novo máximo.

Créditos

Amortizações antecipadas de crédito à habitação duplicam em 2023

83% das amortizações antecipadas foram do valor total do empréstimo.

Leia mais

Profissionais

Imobiliário representa mais de metade do investimento direto estrangeiro

Em 2023, as transações de investimento direto estrangeiro em Portugal totalizaram 6,8 mil milhões de euros.

Construção

Setor da construção acorda nova tabela salarial para 2024

O acordo de revisão do Contrato Coletivo de Trabalho do setor prevê retribuições mínimas entre 820 e 1.350 euros.

Gastronomia

Restaurantes portugueses recebem novas estrelas Michelin

O Antiqvvm, no Porto, passou a ter duas estrelas e quatro novos restaurantes receberam a distinção.

Dinheiro

O que vai acontecer aos preços de casas em 2024?

As perspetivas para este ano são avançadas pela consultora Worx Real Estate.