Habitação

Sabe o preço por metro quadrado das casas em Portugal?

Outubro 25, 2023 · 12:13 pm
Imagem de Wirestock no Freepik

No segundo trimestre de 2023, os preços das casas em Portugal continuaram a subir, apesar da desaceleração observada em várias das áreas metropolitanas. O valor médio dos alojamentos familiares chegou aos 1629 euros por metro quadrado (m2), o que representa um novo recorde e um aumento de 9% face a igual período do ano anterior.

Segundo os números divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), nesta quarta-feira, pela primeira vez, o valor mediano das casas ultrapassou os 1600 euros/ m2 a nível nacional.

Madeira e Médio Tejo com aumentos significativos

Os aumentos mais significativos ocorreram na Região Autónoma da Madeira (+24,9%) e no Médio Tejo (+15,7%). Lisboa, Cascais, Oeiras e Porto permaneceram como os locais com os preços mais elevados.

As quatro sub-regiões com os preços da habitação mais elevados – Algarve, Área Metropolitana de Lisboa, Região Autónoma da Madeira e Área Metropolitana do Porto – apresentaram também os valores mais elevados em ambas as categorias de domicílio fiscal do comprador (ou seja, nacionais e estrangeiros).

Preços desaceleram em 17 dos 14 municípios

No 2º trimestre de 2023, foi ainda marcado por uma desaceleração dos preços da habitação em 17 dos 24 municípios mais populosos (face a 14 no 1º trimestre de 2023).

Destaque para Barcelos (-17,8 p.p.), Loures (-11,6 p.p.) e Odivelas (-10,3 p.p.) que registaram decréscimos superiores a 10 pontos percentuais.

Em sentido contrário, Funchal (+20,1 p.p.) e Matosinhos (+12,3 p.p.) tiveram aumentos de preço significativos.  O Porto subiu 7,1 %. e Lisboa 3,7%.

Os municípios de Lisboa (4 275 €/m2), Cascais (3 902 €/m2), Oeiras (3 166 €/m2) e Porto (2 857 €/m2) apresentaram os preços da habitação mais elevados.

Regiões mais caras aumentam acima da média

As quatro sub-regiões NUTS III com preços superiores aos do país registaram também taxas de variação superiores à nacional: Algarve (2.583 euros/m2 e +9,5%), Área Metropolitana de Lisboa (2.306 euros/m2 e +11,1%), Região Autónoma da Madeira (1.916 €/m2 e +24,9%) e Área Metropolitana do Porto (1.802 euros/m2 e +14,3%)”, detalha o INE.

O Alto Alentejo continua, à semelhança do trimestre anterior, a apresentar o menor preço de venda de casas (546 euros/m2).

Nas áreas metropolitanas do Porto e de Lisboa, o preço médio das transações efetuadas por compradores com domicílio fiscal no estrangeiro superou, em +61,3% e +91,6%, respetivamente, o preço das transações por compradores com domicílio fiscal em território nacional.

Habitação

Lisboa é o 8º destino para investimento em residências de estudantes na Europa

Estudo da JLL destaca capital portuguesa entre 40 cidades europeias.

Habitação

Descubra quanto gastam os portugueses em habitação

Encargos com habitação com mais importância relativa na despesa média das famílias.

Habitação

Segurança e abertura são “pontos fortes” de Lisboa

O Barómetro de Cidades Inclusivas analisa o desempenho de 46 cidades em quatro dimensões de inclusão.

Leia mais

Habitação

Lisboa é o 8º destino para investimento em residências de estudantes na Europa

Estudo da JLL destaca capital portuguesa entre 40 cidades europeias.

Habitação

Descubra quanto gastam os portugueses em habitação

Encargos com habitação com mais importância relativa na despesa média das famílias.

Habitação

Segurança e abertura são “pontos fortes” de Lisboa

O Barómetro de Cidades Inclusivas analisa o desempenho de 46 cidades em quatro dimensões de inclusão.

Créditos

Taxa de juro implícita diminui pelo quarto mês consecutivo

Os juros representaram 61% da prestação média do crédito à habitação em maio.