Habitação

Recuperação das vendas de casas provoca nova aceleração nos preços

Maio 24, 2024 · 2:07 pm
Imagem de Luiz Costa por Pixabay

Os preços das casas aumentaram 1,5% no mês de abril, comparativamente a março, invertendo a tendência de estabilização observada nos últimos meses.  Os dados resultam do Índice de Preços Residenciais para Portugal Continental, apurado pela Confidencial Imobiliário, que incide sobre os valores efetivos de transação.

Os preços da habitação têm resistido às subidas, nos últimos 18 meses, com taxas de variação mensal quase sempre inferiores a 1,0%, como consequência do abrandamento nas transações. O mês de abril surge como uma das exceções, a verificar uma valorização mensal acima desse patamar, o que inverte o ciclo de variações residuais marcadamente evidente desde o verão de 2023.

Esta reativação das subidas dos preços é já visível na taxa de valorização homóloga do Índice de Preços Residenciais que, no mês passado, atingiu 10,6%, uma recuperação face aos 9,6% de março, que tivera a menor valorização homóloga em quase três anos. Os aumentos de preços passarem da ordem dos 19,0% para menos de 10,0% no espaço de um ano e meio.

Operadores mais confiantes

A nova subida de preços é reflexo de uma recuperação das transações, que terão voltado a acelerar entre fevereiro e abril deste ano.

Segundo as projeções elaboradas a partir dos dados reportados ao SIR-Sistema de Informação Residencial, terão sido transacionadas 36.200 casas em Portugal Continental neste período. Ou seja, verificou-se uma subida de cerca de 10% face à média de 33.000 fogos vendidos por trimestre em 2023. Dados que confirmam a tendência de recuperação das vendas já sinalizada no 1º trimestre deste ano.

 “No contexto do desagravamento das condições de acesso ao crédito e de regresso progressivo da fatia da procura que foi mais penalizada pelo aumento dos juros, a perspetiva é de recuperação da dinâmica da procura e consequente estímulo da valorização do mercado”, afirma Ricardo Guimarães, diretor da Confidencial Imobiliário, que considera que este contexto “começa a dar maior confiança aos operadores do mercado, que estão agora mais otimistas quanto à possível evolução das vendas e ao impacto na subida de preços, conforme mostram os últimos inquéritos de confiança Portuguese Housing Market Survey”.

Entre fevereiro e abril de 2024, as casas em Portugal Continental foram vendidas por uma média de 2.412€/m2, posicionando-se em 3.386€/m2 no segmento de habitação nova e 2.298€/m2 na usada.

Habitação

Pinheiro Manso ganha novo empreendimento de apartamentos

O novo condomínio conta com 20 apartamentos de tipologias T1 a T4.

Habitação

Sines abre candidaturas para apoiar famílias carenciadas no arrendamento

Autarquia vai subsidiar famílias com carências habitacionais.

Habitação

Incríveis casas com piscina para aproveitar o sol

Mergulhe nestas oportunidades!

Leia mais

Gastronomia

“Snacks” saudáveis para levar para a praia e piqueniques

Descubra ideias simples e saborosas!

Habitação

Pinheiro Manso ganha novo empreendimento de apartamentos

O novo condomínio conta com 20 apartamentos de tipologias T1 a T4.

Alojamento Local

Governo prolonga prazo para pagamento da taxa do Alojamento Local

A revogação desta taxa vai ser discutida no parlamento no próximo dia 20 de junho .

Alojamento Local

Abril prolonga efeito da Páscoa no alojamento local em Lisboa e Porto

As diárias mantiveram preços e ocupação média aumentou para 70% em Lisboa e 57% no Porto.