Habitação

Preço das casas de luxo desacelera em Lisboa

Agosto 24, 2023 · 8:57 am
Imagem de Frank Nürnberger por Pixabay

Lisboa está entre as capitais cujos preços no imobiliário menos crescem este ano, mas estima-se que, em 2024, se mantenha acima de cidades como Berlim e Londres, de acordo com as previsões da consultora Knight Frank para o mercado residencial de luxo.

As previsões para a capital portuguesa, a par das cidades de Berlim, Dublin, Edimburgo, Los Angeles e Zurique, foram as que mais se deterioraram, embora as descidas permaneçam relativamente pequenas, e se situem entre os 2% e 4%.

Em sentido oposto, as previsões para Genebra e Vancouver foram as que mais cresceram em termos de pontos percentuais (3%).

Dubai lidera ranking

O Dubai continua a liderar os rankings para 2023, embora se espere que o crescimento anual decresça para 14%, um abrandamento significativo face ao crescimento de 44% registado no ano anterior.

As previsões são de que 20 das 26 cidades em análise registem um crescimento de preços estável ou positivo em 2023. Além do Dubai, Tóquio, Paris, Madrid e Miami que completam o top 5 dos principais mercados, têm uma previsão de crescimento de 4%.

Lisboa com crescimento de 2% em 2024

A capital portuguesa surge a meio da tabela tendo em conta as previsões para 2024, à frente de cidades como Londres, Berlim e Edimburgo. As expectativas são de que Lisboa apresente um crescimento de 2%, enquanto Berlim e Edimburgo registam uma quebra nos preços entre 1 e 3%.

Em termos globais, os preços do mercado de luxo residencial deverão melhorar no próximo ano, com um crescimento médio de 2%, à exceção do Dubai. Nas previsões para 2024, Auckland e Mumbai apresentam um crescimento de 5% no período de 12 meses.

“Depois do crescimento do mercado imobiliário de luxo em Portugal, que veio preencher uma lacuna grande ao nível da oferta, é expectável que esse mesmo crescimento seja consolidado, à semelhança do que acontece nos principais mercados europeus. No entanto, o nosso país tem margem de expansão”, explica Francisco Quintela, sócio fundador da Quintela + Penalva, parceira da Knight Frank.

O estudo da Knight Frank fez uma revisão das previsões para 2023, considerando o período entre dezembro de 2022 e julho de 2023, tendo em conta o crescimento dos preços no mercado residencial de luxo.

Dinheiro

Preços das casas em Portugal aumentaram 111% desde 2015

O diretor do FMI para a Europa considera que correção dos preços das casas não será repentina.

Impostos

IRS: o que muda nos novos escalões

O Governo alargou o alívio fiscal até ao 8.º escalão.

Créditos

Sabe quanto pagou de juros no mês passado?

Perceba quanto amortizou no empréstimo da casa.

Leia mais

Portugal regista 2ª maior subida na produção na construção na UE

Os principais avanços registaram-se em Espanha (8,3%), Portugal (4,4%) e República Checa (3,7%).

Habitação

Câmara de Lisboa propõe “discriminação positiva” de residentes no acesso à renda acessível

Medida visa beneficiar residentes das freguesias sob maior pressão urbanística.

Dinheiro

Preços das casas em Portugal aumentaram 111% desde 2015

O diretor do FMI para a Europa considera que correção dos preços das casas não será repentina.

Impostos

IRS: o que muda nos novos escalões

O Governo alargou o alívio fiscal até ao 8.º escalão.