Dinheiro

Portugal tem quarta maior subida no preço das casas na UE

Outubro 4, 2023 · 10:16 am
Foto de Vlad D na Unsplash

O preço das casas recuou 1,7%, no segundo trimestre, na zona euro, e 1,1% na União Europeia (UE), face ao período homólogo, com Portugal a registar a quarta maior subida (8,7%), segundo os dados divulgados pelo Eurostat esta terça-feira.

Na comparação com os primeiros três meses do ano, os preços das casas subiram 0,1% na média dos 20 países do euro e 0,3% na dos 27 Estados-membros.

As maiores contrações, na comparação com o segundo trimestre de 2022, foram registadas na Alemanha (-9,9%), Dinamarca (-7,6%) e Suécia (-6,8%). Em sentido inverso, as maiores subidas foram verificadas na Croácia (13,7%), Bulgária (10,7%), Lituânia (9,4%) e Portugal (8,7%).

15 países com aumentos face a 1.º trimestre

Face aos primeiros três meses do ano, os preços das casas baixaram em 11 países e aumentaram em 15, desde logo com as maiores descidas a registarem-se na Eslováquia (-3,9%), no Luxemburgo (-2,7%) e na Hungria (-1,7%). Os principais avanços  verificaram-se na Letónia (5,1%), Bulgária (4,3%) e Estónia (3,8%).

Em Portugal, o indicador aumentou 3,1% entre o primeiro e o segundo trimestre do ano.

Crise da habitação na Europa

A crise da habitação, com o aumento dos preços das casas, é uma realidade europeia e não apenas portuguesa. Entre 2010 e 2023, o preço das casas nos Estados-membros da zona euro teve uma subida de 40% (cerca de 2,7% por ano). Por outro lado, o valor das rendas cresceu 19% (cerca de 1,9% por ano).

No mesmo período, os preços das casas em Portugal dispararam 93% (cerca de 5,4% por ano) e as rendas aumentaram 33% (2,3% por ano).

Entre os países da zona euro com maior subida do preço da habitação desde 2010, Portugal está na sétima posição e na décima posição do ranking dos países do euro com maior crescimento das rendas.

Contudo, enquanto a maioria dos países da zona euro têm registado correções nos preços das casas e verificado um abrandamento das rendas, em Portugal os preços continuam a subir, com as rendas a aumentar a um ritmo acima dos níveis médios da zona euro.

Dinheiro

Preços das casas em Portugal aumentaram 111% desde 2015

O diretor do FMI para a Europa considera que correção dos preços das casas não será repentina.

Impostos

IRS: o que muda nos novos escalões

O Governo alargou o alívio fiscal até ao 8.º escalão.

Créditos

Sabe quanto pagou de juros no mês passado?

Perceba quanto amortizou no empréstimo da casa.

Leia mais

Habitação

Câmara de Lisboa propõe “discriminação positiva” de residentes no acesso à renda acessível

Medida visa beneficiar residentes das freguesias sob maior pressão urbanística.

Dinheiro

Preços das casas em Portugal aumentaram 111% desde 2015

O diretor do FMI para a Europa considera que correção dos preços das casas não será repentina.

Impostos

IRS: o que muda nos novos escalões

O Governo alargou o alívio fiscal até ao 8.º escalão.

Créditos

Sabe quanto pagou de juros no mês passado?

Perceba quanto amortizou no empréstimo da casa.