Decoração

O que é, para que serve e que vantagens tem o ‘home staging’?

Maio 22, 2023 · 3:24 pm
Imagem de Staging Factory

O home staging é um conceito de valorização imobiliária, que significa literalmente “encenar a casa”, no sentido de criar o cenário ideal para promover a sua venda mais rapidamente e com o melhor valor.

O conceito nasceu nos EUA na década de 70 quando Barb Schwarz percebeu que a maioria das casas no mercado eram mal apresentadas, sujas, escuras, desarrumadas e não tinham ambientes que atraíssem os potenciais clientes.

O conceito de home staging nasce assim de um olhar na perspetiva de marketing sobre o mercado imobiliário em que o produto e a “embalagem” são indissociáveis e devem ser trabalhados de forma a agradar ao comprador.

A intervenção tem por base técnicas de design de interiores que visam criar ambientes que potenciem a otimização, a funcionalidade e a atratividade do espaço. O objetivo é tornar o espaço interessante através da criação de um “cenário” que leve o potencial cliente a identificar-se com o espaço.

Home Staging: seduzir e apaixonar

Para valorizar o espaço é fundamental realçar os pontos fortes e criar um ambiente acolhedor e convidativo que seduza e apaixone o comprador no primeiro impacto. O intuito é conseguir criar uma ligação emocional positiva durante toda a visita de forma a que o potencial cliente centre a sua atenção nos pontos que mais valoriza e não nos atributos que menos agradam.

Quando no primeiro instante, um espaço faz despertar uma emoção positiva tendemos a procurar mais pontos positivos que justifiquem a nossa decisão emocional e a desprezar os pontos menos positivos.

Por este motivo, quando se inicia um projeto de home staging, é importante começar por fazer um diagnóstico e perceber quais os pontos mais e menos valorizados segundo os potenciais clientes.  Ao trabalhá-los consegue-se maximizar o apelo visual e emocional do imóvel e levar os potenciais compradores a visualizar o potencial do espaço e sentirem vontade de fazer uma oferta.

Em termos gerais, a intervenção de home staging consiste em limpar, despersonalizar e neutralizar o espaço; melhorar e ajustar a organização do mobiliário; adequar a iluminação; definir a paleta de cores e os ambientes que melhor demonstram o potencial do espaço e reparar o que tem mau aspeto, de forma a melhorar a aparência global da casa.

Quais os princípios básicos do home staging?

O que é, para que serve e que vantagens tem o home staging?
Imagem de Staging Factory



  • “Destralhar” – esta é a palavra que mais gostamos e que mais impacto tem no primeiro momento. É fundamental libertar o espaço, aumentar a circulação e melhorar a sua visualização. Uma casa com muita tralha passa a imagem de um espaço pequeno e sem arrumação.

  • Limpar e reparar – a higiene e limpeza são fundamentais para criar uma boa primeira imagem. A casa deve estar bem limpa e com tudo a funcionar. Se a casa estiver suja ou cheirar mal isso gera automaticamente uma rejeição e, a partir daí, o potencial comprador vai centrar a sua atenção em tudo o que estiver mal e servir de argumento de não compra.

  • Neutralizar – para que o cliente se consiga imaginar a viver no espaço é fundamental despersonalizar e neutralizar o ambiente, ou seja, retirar tudo o que são bens muito pessoais e que identificam a casa com o seu atual proprietário. É importante dar um ar leve ao espaço e usar uma decoração minimalista e atual.

  • Valorizar – Este é o ponto mais sensível já que tem a ver com a criação dos ambientes, ou seja, dos diferentes cenários que ajudam o potencial cliente a projetar-se no espaço. Valorizar o espaço é conseguir torná-lo convidativo, acolhedor, apaixonante. A iluminação faz milagres, valoriza recantos e o ambiente em geral.

  • Fotografar – Após valorizar o espaço há que fotografá-lo conseguindo captar os ambientes com os melhores ângulos e iluminação pois as fotografias são o primeiro e mais forte instrumento de venda.


O home staging pressupõe retorno financeiro

O home staging pressupõe retorno financeiro
Imagem de Staging Factory

O home staging é um conceito de valorização imobiliária e não deve ser confundido com decoração.  Serve para maximizar o potencial de um imóvel e aumentar a sua rentabilidade.

Não se trata apenas de melhorar a aparência do imóvel, mas sim de vendê-lo mais rapidamente e ao melhor preço. Para isso é fundamental que o retorno financeiro seja maior que o investimento realizado. E por isso, o foco deve estar na utilização de soluções criativas simples, práticas e rápidas de executar de forma a rentabilizar o investimento.

O objetivo é maximizar o resultado final com o mínimo de investimento.  Por isso, os profissionais de home staging devem identificar bem as áreas-chave a investir, ou seja, os pontos que terão o maior impacto no momento da venda.

As vantagens do home staging

Imagem de Staging Factory

A preparação profissional e valorização dos imóveis para os seus mercados é uma das mais rentáveis ​​ferramentas de marketing imobiliário capaz de gerar o maior ROI (Return on Investment).

Após uma intervenção de home staging por profissionais competentes, os imóveis vendem-se e alugam-se mais rapidamente e ao melhor preço.

Os imóveis conseguem mais visitas e um maior número de propostas. Pelo facto de haver um maior número de potenciais clientes e de estes valorizarem mais o imóvel, negoceiam menos o preço.






Caso Prático: do fim da linha ao topo do mundo

Para dar uma ideia concreta do impacto e do valor do home staging, apresentamos aqui um caso de uma intervenção com vista à valorização e otimização do potencial do espaço.

O diagnóstico: um apartamento com uma decoração muito pessoal e muito marcada que dificulta a perceção do verdadeiro potencial do espaço.  A organização e estado do mobiliário também não favorecem a funcionalidade nem a valorização do espaço.

Veredicto: a casa tem um grande potencial e bem trabalhada passa a ser uma casa de sonho para qualquer um.

Caso Prático: do fim da linha ao topo do mundo

Áreas principais a intervir:

Alterar por completo a paleta de cores. Apostar nos tons brancos para aumentar a luz interior e aumentar o espaço percecionado.

Dar uma função específica ao sótão e fazer deste espaço (que é visto no final da visita) a cereja no topo do bolo. Ou seja, passar a ser um dos pontos centrais da casa em vez de um sótão / espaço de ginásio / arrumação.











Caso Prático: do fim da linha ao topo do mundo

Valorizar o terraço e levar o potencial cliente a imaginar-se ali a viver todos os dias e a brindar à sua felicidade futura.

Ou seja, criar um vínculo emocional com o cliente no final da visita que o faça avançar com uma proposta de compra.

Caso Prático: do fim da linha ao topo do mundo

Parte das madeiras foram pintadas de branco para dar uma sensação de amplitude ao espaço assim como criar um ambiente mais associado à praia. O mobiliário antigo apresentava-se desgastado e foi substituído por peças novas e mais contemporâneas. Foram acrescentados ainda um tapete, mantas, almofadas, mesas de apoio e lanternas que criam um ambiente mais acolhedor e convidativo quer de dia quer de noite. Para aproveitar ao máximo o espaço foram ainda acrescentados poufs que permitem agora acomodar mais convidados.






Autoria: Catarina Diniz – Head of Business & Strategy da Staging Factory

Decoração

Decoração inspirada nas Eras de Taylor Swift

A febre Taylor Swift pode inspirar a decoração de sua casa!

Decoração

Pronto-a-vender, Pronto-a-morar e Pronto-a-render

Conheça a grande tendência do mercado imobiliário!

Artes

Fora de casa: exposições imperdíveis sobre Arquitetura e Habitação

"Siza" e "ROOF" são duas mostras que merecem a sua visita!

Leia mais

Investimento

Investidos 226 milhões em imobiliário comercial na AM do Porto

O retalho representa 41% do investimento em imobiliário comercial no Grande Porto, entre o início de 2023 e abril deste ano.

Investimento

Imobiliário representa 60% do investimento direto estrangeiro no 1.º trimestre

O IDE em Portugal totalizou 1.000 milhões de euros, no primeiro trimestre do ano.

Habitação

Recuperação das vendas de casas provoca nova aceleração nos preços

A nova subida de preços reflete uma recuperação das transações entre fevereiro e abril deste ano.

Decoração

Decoração inspirada nas Eras de Taylor Swift

A febre Taylor Swift pode inspirar a decoração de sua casa!