Dicas

Soluções para desarrumados: como organizar o seu guarda-roupa numa hora

Outubro 13, 2023 · 4:45 pm
Imagem de Freepik

O outono já chegou, mas o verão teimou em prolongar-se… Se o roupeiro aí de casa já rebenta pelas costuras, desvendamos-lhe os segredos de organização para que possa sorrir ao abrir as portas do seu guarda-roupa.

É altura de dar as boas-vindas aos casacos quentes, camisolas aconchegantes e botas estilosas. Mas como manter a ordem quando as roupas começam a acumular-se? Descubra aqui as dicas dos profissionais.

1. A revolução: esvazie o roupeiro

A primeira etapa parece logo bastante dramática, mas se o que procura é uma revolução no seu guarda-roupa, não hesite. Comece por esvaziar o roupeiro e agrupar as peças de roupa por tipologia: camisas com camisas, calças com calças, etc.

Não só vai descobrir aquelas relíquias que já não usa há três estações como perceber se vale a pena guardar os quatro casacos pretos de malha quase iguais.

2. A grande escolha: arranje, doe, reutilize, deite fora

Não guarde o que não usa, o que não lhe serve, o que já passou de moda. Contudo, os tempos não são de desperdício ou consumismo vão. Este é o momento para mandar refazer uma bainha descosida, doar as calças de há cinco quilos atrás, deitar fora aquele casaco carregado de borbotos.

Faça arranjos nas peças que valem a pena, doe aquelas em boas condições e desfaça-se das que estão em mau estado. Seja implacável na escolha. Estas peças devem ser agrupadas em diferentes sacos, consoante o destino. Não se esqueça de reutilizar o possível: por exemplo, uma t-shirt velha pode dar um excelente pano para limpezas.

Foto de Sarah Brown na Unsplash

3. Divida para conquistar

Quando voltar a arrumar a roupa já selecionada, pendure-a por categorias (vestidos, casacos, camisas, calças) e tamanhos (roupa comprida, média, curta). Isso vai facilitar bastante a sua procura por uma peça específica.

Se quiser ser mesmo meticuloso (e um bocadinho obsessivo-compulsivo) pode também organizar por cores, dentro de cada categoria. Por exemplo: camisas brancas todas juntas, camisas azuis, listadas, etc. Quando quiser coordenar peças, a sua busca será mais rápida.

4. Descubra o poder das caixas mágicas

O segredo de qualquer arrumação bem-sucedida é a utilização de caixas. Não só para guardar as roupas da estação anterior, mas também dentro dos armários e gavetas para separar peças.

Não imagina como uma caixa com divisórias pode transformar o cenário caótico da gaveta das meias num idílio de organização. Abuse dos organizadores para sapatos, cabides específicos para lenços, écharpes, cintos, prateleiras para acessórios, como luvas, chapéus, etc.

Para arrumar peças mais volumosas e de uso menos comum, aposte nos sacos de vácuo que diminuem bastante o espaço ocupado.

Por outro lado, guarde caixas nas zonas mais altas do armário com as roupas da estação que terminou. Não faz sentido ocupar espaço com camisolões de lã no verão ou fatos de banho no inverno. Use etiquetas para identificar as caixas, se necessário.

Imagem deFreepik

5. Revolucione a dobragem

Nos últimos anos, tornou-se difícil falar de arrumação doméstica sem mencionar Marie Kondo, uma espécie de Símon Bolívar dos roupeiros. Depois das séries da Netflix, Marie Kondo transformou-se na organizadora preferida de todas as famílias e, possivelmente, no terror daquelas peças de roupa que atravessam décadas numa gaveta.

A especialista libertou as casas de muita tralha e propõe uma revolução na dobragem da roupa com uma técnica que já ficou célebre. Dobrar as roupas verticalmente torna mais fácil a procura e mais difícil haver estragos, enquanto vasculha as gavetas de manhã.

Descubra mais sobre este método de dobragem das diferentes peças de roupa no vídeo abaixo.

6. A adaptação dos mais fortes

Por mais organizado que seja, as mudanças de estação têm alterações de temperaturas abruptas. Por isso, mantenha um pequeno espaço no seu roupeiro dedicado a roupas de meia-estação que, com o complemento certo, servem tanto para as manhãs de inverno como para as tardes de verão.

Como arrumar o roupeiro
Imagem de Freepik

Depois de cumpridas todas as etapas, é possível que tenha questionado o excesso de consumismo da nossa sociedade e descoberto umas quantas preciosidades esquecidas. Mas valeu a pena, confesse! O guarda-roupa está digno de integrar uma revista de decoração!

Além da organização em si, vai agora poupar imenso tempo tanto na arrumação da roupa, como na escolha da mesma, todas as manhãs!

Artes

Esculpidas para provocar: estátuas que geraram polémica

São provocadoras, arrojadas, incompreendidas: recorde as estátuas que causaram polémica.

Decoração

Jardins de encantar: o segredo para valorizar a sua casa

A decoração de espaços exteriores, muitas vezes pouco aproveitados, pode transformar aquele jardim ou varanda no trunfo capaz de maximizar a rentabilidade do seu imóvel.

Decoração

Feng Shui: ideias para harmonizar a sua casa

Sempre quis experimentar técnicas de Feng Shui mas não sabe como? Descubra alguns princípios que pode, com facilidade, aplicar em sua casa.

Leia mais

Habitação

Lisboa é o 8º destino para investimento em residências de estudantes na Europa

Estudo da JLL destaca capital portuguesa entre 40 cidades europeias.

Habitação

Descubra quanto gastam os portugueses em habitação

Encargos com habitação com mais importância relativa na despesa média das famílias.

Habitação

Segurança e abertura são “pontos fortes” de Lisboa

O Barómetro de Cidades Inclusivas analisa o desempenho de 46 cidades em quatro dimensões de inclusão.

Créditos

Taxa de juro implícita diminui pelo quarto mês consecutivo

Os juros representaram 61% da prestação média do crédito à habitação em maio.