Habitação

Lisboa é a segunda cidade mais cara do sul da Europa para comprar e arrendar casa

Abril 5, 2023 · 3:23 pm
Imagem de Wirestock no Freepik

Lisboa é a segunda cidade mais cara do sul da Europa para comprar e arrendar casa, de acordo com o estudo divulgado esta quarta-feira pela plataforma imobiliária Casafari. A capital portuguesa é apenas suplantada por Paris e tem uma média de preços superior a Madrid, Milão e Barcelona.

Venda de Casas

Em Lisboa, o preço médio de venda por metro quadrado está atualmente nos 5,149€, valor ultrapassado apenas em Paris, com 12,707€. Seguem-se Milão (4,969€), Barcelona (4,120€) e Madrid (4, 062€).

Nesse sentido, das cinco cidades em análise, a capital portuguesa é a que regista uma maior subida no preço médio por metro quadrado de venda durante o primeiro trimestre do ano, com um aumento de 9,8%, face a igual período do ano passado, e  de 3,4% em relação aos últimos três meses do ano passado.

Mercado de arrendamento

No mercado de arrendamento, Lisboa fica também na segunda posição no ranking das mais caras, com um valor médio de 23€ por metro quadrado, inferior aos 41€ de Paris, igual aos 23€ de Milão e superior aos valores de Barcelona (22€) e Madrid (17€).

Ainda no que respeita ao arrendamento, a capital portuguesa destaca-se como a cidade que apresenta aumentos de preço por metro quadrado mais significativos: 5,4% face ao último trimestre do ano passado e 40,2% face ao primeiro trimestre de 2022.

Outro dado relevante é a quebra muito significativa da oferta de casas para arrendar: com efeito, houve menos 38,1% em comparação com 2022. As cidades que mais contribuíram para este cenário foram Milão (-51,3%), seguida por Lisboa (-47,2%) e por Madrid (-26%).

Rendimentos aumentam

O estudo destaca ainda que os rendimentos residenciais nas cidades em análise aumentaram ao longo do ano, apesar do contexto adverso, marcado pelo crescimento acentuado das taxas de juro. Tal deve-se, sobretudo, ao facto da subida do preço médio de arrendamento (+18,3%) ter sido maior do que a do preço médio de venda (+5,2%) na comparação com o 1º trimestre de 2022.

O Relatório do Mercado Residencial referente aos meses de janeiro, fevereiro e março de 2023, divulgado pela Casafari, compara os dados do primeiro trimestre deste ano com o período homólogo e com o 4º trimestre de 2022. O estudo avalia o mercado residencial usando como parâmetro os apartamentos em segunda mão, de tipologia T0 a T3.

Habitação

Lisboa aposta em construção mas deve prosseguir com reabilitação

Em 2023, a autarquia licenciou mais fogos reabilitados do que nova construção.

Profissionais

Contagem decrescente para a V Conferência da Promoção Imobiliária

A Secretária de Estado da Habitação, Patrícia Gonçalves Costa, discursa no início da tarde na Conferência da Promoção Imobiliária.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.

Leia mais

Habitação

Lisboa aposta em construção mas deve prosseguir com reabilitação

Em 2023, a autarquia licenciou mais fogos reabilitados do que nova construção.

Dinheiro

Rendas das casas sobem 7,1% em maio

Lisboa registou o maior aumento, de acordo com o INE.

Profissionais

Contagem decrescente para a V Conferência da Promoção Imobiliária

A Secretária de Estado da Habitação, Patrícia Gonçalves Costa, discursa no início da tarde na Conferência da Promoção Imobiliária.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.