Comprar Casa

Dicas imperdíveis para quem vai mudar de casa

Abril 19, 2023 · 11:55 am
Imagem de Drazen Zigic no Freepik

Ter uma nova casa é um momento feliz, no entanto, antes do nosso cantinho estar pronto, há que tratar da mudança. O processo pode trazer algumas dores de cabeça, porque mudar de casa envolve questões logísticas e uma boa dose de burocracia. Com planeamento e organização, tudo será mais simples. Siga esta lista de sugestões que facilita qualquer mudança.

1. Planear a mudança

Mudar de casa: Planear a mudança
Imagem de RODNAE Productions no Pexels

Comece a planear a mudança de casa com antecedência: qualquer plano otimista irá provavelmente derrapar nos prazos, porque encaixotar todas as nossas coisas é mais moroso do que o previsto.

Antes de iniciar as arrumações vai necessitar de muitas caixas de cartão, que pode comprar, mas também conseguir algumas de graça em supermercados e grandes superfícies.

Abasteça-se ainda de fita adesiva larga, marcadores grossos (para identificar caixotes) ou etiquetas, jornais velhos, bolhinhas de plástico e enchimento de esferovite, sobretudo para embrulhar e transportar objetos frágeis. Mantas, panos e cobertores velhos também podem ser úteis, tal como todas as malas de viagem que consiga reunir.

2. Contratar ou não uma empresa de mudanças

Mudar de casa: Contratar ou não uma empresa de transporte
Imagem de Freepik

Para o transporte, consulte e compare os preços de empresas de mudanças, já que há diferentes modalidades de serviços prestados: desde a simples carga e descarga, à montagem de móveis, até ao serviço “chave na mão”, em que tratam de empacotar e acondicionar todo o recheio da sua casa.

Se tiver amigos e familiares disponíveis para ajudar, pode alugar uma carrinha ou pedir uma emprestada e poupar algum dinheiro. Contudo, não se esqueça de avaliar tudo o que terá de desmontar e carregar antes de optar por esta via.

Agende o serviço com antecedência e estabeleça um calendário para as suas tarefas. A maior parte das empresas cobram à hora e também ao quilómetro, pelo que deve ter tudo pronto no dia marcado. Outra dica de poupança: use o seu próprio veículo para transporte de objetos de pequenas dimensões.

3. Arrumar e “destralhar”

Mudar de casa: arrumar e destralhar
Imagem de Gpointstudio no Freepik

Mudar de casa é uma excelente oportunidade para se ver livre dos monos que tem em casa. Deite fora a roupa que não usa, abandone aquele antigo projeto de bricolage nunca concretizado e recicle os 20 frascos vazios que iam ser mesmo úteis, mas nunca chegaram a ser.

Comece por guardar o que usa menos e avance nas arrumações seguindo este critério, ordenando os caixotes por divisão da casa. Mesmo os mais desorganizados devem acreditar no poder de uma boa lista! Numere todos os caixotes e faça uma listagem com a descrição sumária do seu conteúdo.

4. Objetos frágeis e de valor
 

Mudar de casa: objetos frágeis
Imagem de RODNAE Productions no Pexels

Guarde os objetos de valor num saco ou mala que possa levar você mesmo, não os deixe para serem transportados pela empresa de mudanças. Preferencialmente, devem ficar guardados num lugar seguro durante a mudança.

Os objetos frágeis devem ser embrulhados em papel, panos, ou plástico com bolhas de ar. Arrume e acondicione bem os objetos nos caixotes e preencha os espaços vazios com papel amachucado, enchimento de esferovite ou equivalentes, para que não “dancem” dentro das caixas, aumentando a possibilidade de se partirem.

5. Caixotes demasiado pesados

Mudar de casa: caixotes
Imagem de RODNAE Productions no Pexels

Quando montar as caixas de cartão, não se esqueça de reforçar a base com fita adesiva para que estas não se abram no transporte.

Não encha os caixotes com demasiado peso, porque nesse caso tornam-se extremamente difíceis de transportar. Por exemplo, no caso de livros, que são muito pesados, é certamente preferível ter várias caixas mais pequenas do que poucas, grandes, de difícil transporte ou que se desfaçam no caminho.

6. Arrumar a cozinha

Mudar de casa: arrumar a cozinha
Imagem de Freepik

A cozinha será possivelmente a divisão da casa mais complexa de arrumar, uma vez que, além das louças, talheres e utensílios, há toda uma parafernália de acessórios em que não costumamos pensar quando planeamos mudar de casa. Das especiarias à despensa, dos pequenos eletrodomésticos ao conteúdo do frigorífico e congelador, há muito que arrumar.

Quando começar a preparar a mudança, seja minimalista nas idas ao supermercado. Consuma o que já tiver na despensa e no congelador e diminua o número de coisas a transportar. Recorde-se que o frigorífico tem de ser descongelado antes da mudança (demora de 4 a 8 horas), e, depois de ser transportado, deve estar em repouso entre 6 a 8 horas (verifique o manual de instruções).

7. Mala de viagem

Mudar de casa: Mala de viagem
Imagem de Ketut Subiyanto no Pexels

Prepare uma pequena mala de viagem com o essencial para, pelo menos, uma noite e um dia. Quando terminar o transporte, decerto não vai ter energia para abrir caixotes em busca da pasta de dentes ou do pijama. Se quiser ser mesmo precavido, o ideal é levar também na mala um jogo de cama e toalha de banho para a primeira noite na nova casa.

8. Mudança dos serviços

Mudar de casa: mudar serviços
Imagem de Gpointstudio no Freepik

Tratar da mudança de casa pode ser muito exigente, contudo há uma série de burocracias que não deve esquecer. Em primeiro lugar, os serviços de água, energia e telecomunicações devem ser cancelados, na casa antiga, e ativados, na nova casa.

Resolva estas questões atempadamente para evitar dissabores e tente a transferência de contratos, o que deve ser simples no caso da energia e telecomunicações, não incorrendo em custos de cancelamento.

9. Comunicação de alteração de morada

Mudar de casa: alteração de morada
Imagem de Ketut Subiyanto no Pexels

Depois de mudar de casa, não se esqueça de comunicar a alteração de morada à Autoridade Tributária e Aduaneira. Tem um prazo de 60 dias para o fazer, sob pena de pagar uma coima entre 75 e 375 euros.

Esta alteração pode ser efetuada on-line, no Portal das Finanças ou no portal ePortugal, de forma gratuita. Neste caso, receberá em casa uma carta de confirmação e deverá alterar o chip do cartão, pelo que irá necessitar de um leitor de Cartão de Cidadão.

Também pode tratar da questão presencialmente, nos balcões das lojas do cidadão e do Instituto dos Registos e Notariado, com um custo de três euros.

Ao alterar a morada fiscal no Cartão de Cidadão, estará a mudar, de forma automática, a morada na Carta de Condução e numa série de outras entidades, como IEFP, Via Verde, Caixa Geral de Aposentações, etc.

Depois de alterar o Cartão de Cidadão, tem novo prazo de 60 dias para proceder ao registo da morada no Documento Único Automóvel (DUA). Pode fazê-lo num balcão do Instituto dos Registos e Notariado, com um custo de 65 euros, ou através do portal Automóvel On-line. Neste último caso, irá necessitar de um leitor de Cartão de Cidadão.

9. Outras comunicações

Mudar de casa: comunicações
Imagem de Kindel Media no Pexels

Depois de mudar de casa, não se esqueça de que a alteração de morada deve ser comunicada ao banco, às seguradoras, bem como à sua entidade patronal.

Caso não queira preocupar-se com a correspondência, pode solicitar aos CTT o reencaminhamento desta para a nova morada. Basta assim requerer o serviço de reexpedição, preencher um formulário e entregá-lo com um mínimo de três dias de antecedência. Este serviço é pago.

Leia mais

Investimento

Investidos 226 milhões em imobiliário comercial na AM do Porto

O retalho representa 41% do investimento em imobiliário comercial no Grande Porto, entre o início de 2023 e abril deste ano.

Investimento

Imobiliário representa 60% do investimento direto estrangeiro no 1.º trimestre

O IDE em Portugal totalizou 1.000 milhões de euros, no primeiro trimestre do ano.

Habitação

Recuperação das vendas de casas provoca nova aceleração nos preços

A nova subida de preços reflete uma recuperação das transações entre fevereiro e abril deste ano.

Decoração

Decoração inspirada nas Eras de Taylor Swift

A febre Taylor Swift pode inspirar a decoração de sua casa!