Habitação

DECO apela a pacto de regime para a Habitação

Agosto 25, 2023 · 8:14 am
Imagem de Ben den Engelsen na Unsplash

A associação de defesa do consumidor DECO vê no veto do Presidente da República ao pacote legislativo Mais Habitação uma “boa oportunidade” para a introdução de medidas de proteção dos consumidores e apela a um pacto de regime para a habitação.

“Após o veto do Presidente da República ao pacote Mais Habitação, a DECO considera que esta é uma boa oportunidade para que o Governo introduza no referido programa medidas de proteção dos direitos e legítimos interesses dos consumidores”, refere a associação de defesa dos consumidores numa posição ontem divulgada.

Pacto garante estabilidade ao setor

Na sequência deste veto, que devolve o diploma à Assembleia da República, a DECO aproveitou para enviar uma carta aberta aos diferentes grupos parlamentares onde aponta medidas que entende que devem ser tomadas, enquanto alerta que “de pouco interessa” desenvolver pacotes legislativos “se futuramente vierem a ser significativamente alterados aquando de uma nova legislatura”.

Neste contexto, defende o estabelecimento de um pacto de regime para a habitação que garanta alguma “estabilidade” ao setor e dê “confiança” aos agentes que nele participam, evitando-se que as medidas surjam como uma “manta de retalhos”.

DECO apresenta propostas ao parlamento

Entre as propostas de medidas que faz aos grupos parlamentares (algumas das quais já remetidas aquando da discussão do Mais Habitação), a DECO inclui o desenvolvimento de um quadro legal reforçado para a proteção dos arrendatários economicamente vulneráveis, idosos e jovens, ou ainda um travão ao aumento da prestação do crédito à habitação, nomeadamente através da criação de um novo modelo de cálculo.

A DECO defende ainda a dedução dos juros em sede de IRS (benefício que atualmente apenas abrange os contratos de crédito realizados até ao final de 2011) ou a criação de uma linha de financiamento sem juros.

O Presidente da República vetou na segunda-feira o diploma que reunia as principais alterações à legislação da habitação – com mudanças ao nível do arrendamento, dos licenciamentos ou do alojamento local – aprovadas no dia 19 de julho no parlamento pelo PS, que já anunciou que irá confirmá-la no início da próxima sessão legislativa.

Fonte: Lusa

Leia mais

Governo e municípios perto de acordo sobre termo de responsabilidade

Este acordo permitirá às autarquias agilizar medidas de habitação no âmbito do PRR. «Vamos avançar com os contratos», avançou Manuel Castro Almeida.

Impostos

Associação de proprietários lamenta manutenção de IMI agravado para casas devolutas

Agravamento das taxas do IMI para imóveis devolutos e em ruínas é decidido pelas autarquias.

Habitação

Promotores imobiliários congratulam-se com revogação do arrendamento coercivo

O Conselho de Ministros aprovou ontem novas alterações na Habitação.

Habitação

Fim do arrendamento coercivo e da contribuição extraordinária no AL: novas medidas aprovadas

O Conselho de Ministros aprovou ontem alterações ao pacote Mais Habitação.