Construção

Custos de construção de habitação abrandam para 1,5% em outubro

Dezembro 7, 2023 · 1:57 pm
Imagem de 652234 por Pixabay

A subida dos custos de construção de habitação nova abrandou para 1,5% em outubro, em termos homólogos, impulsionada pelo aumento de 6,9% na mão de obra, enquanto os materiais recuaram 2,3%, divulgou hoje o INE.

Segundo o “Índice de Custos de Construção de Habitação Nova” do Instituto Nacional de Estatística (INE), “em outubro de 2023, estima-se que os custos de construção de habitação nova tenham aumentado 1,5% em termos homólogos, menos 0,6 pontos percentuais que o observado no mês anterior”.

Materiais a descer, mão de obra a aumentar

Os preços dos materiais apresentaram uma variação de -2,3% (-1,7% no mês anterior), enquanto o custo da mão de obra aumentou 6,9%, menos 0,7 pontos percentuais que em setembro.

O custo da mão de obra contribuiu com 2,8 pontos percentuais (3,1 pontos percentuais no mês anterior) para a formação da taxa de variação do índice e a componente materiais com -1,3 pontos percentuais (-1,0 ponto percentual em setembro).

De acordo com o INE, entre os materiais que mais influenciaram negativamente a variação agregada do preço estão o aço para betão e perfilados pesados e ligeiros, que apresentou um decréscimo de cerca de 20% em termos homólogos, e a chapa de aço macio e galvanizada e os materiais de revestimentos, isolamentos e impermeabilização, todos com descidas de cerca de 15%.

Taxa desce 0,5% face a setembro

Em sentido oposto, destacaram-se o betão pronto, as tintas, primários, subcapas e vernizes e os artigos sanitários com crescimentos homólogos de cerca de 10%.

Em cadeia, face ao mês de setembro, a taxa de variação do índice foi de -0,5% em outubro, menos 0,9 pontos percentuais relativamente ao mês anterior, com o custo dos materiais e o da mão de obra a descerem 0,7% e 0,2%, respetivamente.

As componentes materiais e mão de obra contribuíram com -0,4 e -0,1 pontos percentuais, respetivamente, para a formação da taxa de variação mensal do índice (0,1 e 0,3 pontos percentuais em setembro, pela mesma ordem).

Fonte: Lusa

Construção

Reabilitação urbana cresce 2,7% em janeiro

A atividade dos empresários do setor cresceu em janeiro face ao ano anterior.

Construção

Vanguard investe 50 milhões em fábrica de casas em madeira

A nova unidade de produção da fábrica da Kōzōwood Industries terá capacidade para construir estruturas em madeira para três casas por dia.

Construção

Setor da construção acorda nova tabela salarial para 2024

O acordo de revisão do Contrato Coletivo de Trabalho do setor prevê retribuições mínimas entre 820 e 1.350 euros.

Leia mais

Construção

Reabilitação urbana cresce 2,7% em janeiro

A atividade dos empresários do setor cresceu em janeiro face ao ano anterior.

Decoração

O que nunca fazer em decoração: erros e opções de que te vais arrepender

Como fazer da nossa casa um cenário inspirador!

Créditos

Prestação da casa desce 4 euros para créditos com Euribor a 3 e 6 meses

Redução acontece pelo segundo mês consecutivo.

Construção

Vanguard investe 50 milhões em fábrica de casas em madeira

A nova unidade de produção da fábrica da Kōzōwood Industries terá capacidade para construir estruturas em madeira para três casas por dia.