Créditos

Créditos: Valor das casas continua a subir

Abril 27, 2023 · 2:23 pm
Foto de KOBU Agency na Unsplash

O valor mediano de avaliação bancária na habitação, em março deste ano, aumentou cinco euros, para 1.483 euros por metro quadrado (m2), o que corresponde a uma subida homóloga de 11,4%, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), hoje divulgados.

De acordo com o Inquérito à Avaliação Bancária, publicado pelo INE, em março, “o valor mediano de avaliação bancária na habitação foi 1.483 euros”, ou seja, “mais cinco euros do que o observado no mês precedente”. Já “em termos homólogos, a taxa de variação fixou-se em 11,4% (12,5% em fevereiro de 2023)”, acrescenta.

Maior aumento na Madeira

O maior aumento face ao mês anterior verificou-se na Região Autónoma da Madeira (1,3%), tendo-se observado a maior descida na Região Autónoma dos Açores (-2,6%), e em termos homólogos, a variação mais intensa registou-se no Algarve (15,9%) e a menos intensa na Região Autónoma dos Açores (0,9%).

O número de avaliações bancárias situou-se em cerca de 21.500, “o que representa uma redução de 32,4% face mesmo período do ano anterior e menos 34,6% que em maio último, mês em que se registou o máximo da série”, aponta o instituto de estatística.

Apartamentos valem 1.664 euros/m2

No mês em análise, o valor mediano de avaliação bancária de apartamentos foi 1.664 euros por m2, tendo aumentado 12,7% relativamente a março de 2022.

Os valores mais elevados observaram-se no Algarve (2.070 euros/m2) e na Área Metropolitana de Lisboa (1.984 euros/m2), tendo o Alentejo registado o valor mais baixo (1.104 euros/m2).

A Região Autónoma dos Açores apresentou o crescimento homólogo mais expressivo (18,2%) e o Norte o menor (11,4%).

Moradias valem 1.135 euros/ m2

Já no que diz respeito às moradias, o valor mediano da avaliação bancária das moradias foi de 1.135 euros por m2 em março deste ano, o que representa um aumento de 6,4% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Os valores mais elevados observaram-se no Algarve (2.119 euros/m2) e na Área Metropolitana de Lisboa (1.940 euros/m2), tendo o Centro e o Alentejo registado os valores mais baixos (906 euros/m2 e 960 euros/m2, respetivamente).

O Algarve apresentou o maior crescimento homólogo (16,7%) e o menor ocorreu no Centro do país (0,6%).

Fonte: Lusa

Balcão Único do Prédio já permitiu georreferenciar mais de 1,3 milhões de propriedades

O projeto do Balcão Único do Prédio já permitiu georreferenciar 1,3 milhões de propriedades nos 153 municípios nacionais que não dispõem de cadastro, anunciou a Ministra da Justiça.

Habitação

Preço das casas sobe para 1.484 euros/m2 em 2022

O preço mediano de alojamentos familiares em Portugal aumentou 14,4%, para 1.484 euros por metro quadrado em 2022, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística.

Créditos

Acesso à bonificação de juros no crédito à habitação vai ser mais difícil

A fórmula de cálculo da taxa de esforço considera apenas a prestação da casa e não encargos de outros créditos.

Leia mais

Créditos

Bancos devolveram 8,3 ME por comissões e juros indevidos

Reclamações de clientes bancários dispararam no ano passado.

Habitação

Loures vai ter 152 novas casas a custos controlados

O município constrói um projeto de habitação a custos controlados financiado pelo PRR. O montante do investimento ascenderá a cerca de 22 milhões de euros.

Créditos

Bancos só aceitaram um terço dos pedidos de fixação da prestação

O número de créditos à habitação em risco de incumprimento aumentou de forma significativa em 2023, segundo o Banco de Portugal.

Habitação

As casas mais baratas para arrendar em Portugal

Descubra oportunidades de norte a sul!