Alojamento Local

Condóminos passam a ser ouvidos previamente sobre novos alojamentos locais

Julho 7, 2023 · 9:24 am
Foto de Alistair MacRobert no Unsplash

Os condóminos passam a ser ouvidos previamente sobre os novos alojamentos locais que queiram instalar-se em edifícios destinados a habitação, segundo uma proposta aprovada ontem na Assembleia da República.

A proposta de lei do Governo com o plano de intervenção Mais Habitação, aprovada na generalidade no parlamento em 19 de maio, estipulava que o parecer dos condóminos só era pedido depois da instalação do novo alojamento local.

Contudo, já em sede de debate na especialidade, o PS apresentou uma proposta de alteração para o registo passar a ser “precedido de decisão do condomínio para uso diverso de exercício da atividade de alojamento local”.

Novos AL exigem unanimidade dos condóminos

Simultaneamente, o PS remete a decisão para o número 1 do artigo 1419.º do Código Civil, que refere que “o título constitutivo da propriedade horizontal pode ser modificado por escritura pública, havendo acordo de todos os condóminos”.

A formulação “acordo de todos os condóminos” também altera a proposta do Governo, que fazia depender apenas de dois terços dos condóminos a aprovação de um novo alojamento local.

Com a alteração hoje aprovada – que contou com os votos a favor de PS e PCP, contra de PSD, CH e IL e abstenção do BE –, a aprovação está sujeita à unanimidade.

Em declarações recentes à Lusa, a deputada Maria Begonha (PS), coordenadora do grupo de trabalho parlamentar sobre Habitação, justificou a introdução da unanimidade com o objetivo de “equilibrar a proposta do Governo” e dar resposta a algumas das reivindicações do setor do alojamento local.

Cancelamentos de AL dependem de maioria de dois terços

Simultaneamente, no caso em que já existam alojamentos locais em edifícios habitacionais, o cancelamento fica dependente de uma maioria de dois terços dos condóminos, em vez da maioria simples proposta pelo Governo.

O atual regime já permitia aos condóminos aprovar, por maioria, uma participação à respetiva Câmara Municipal relativa a qualquer situação que cause danos (patrimoniais ou não patrimoniais) ao condomínio ou aos condóminos, podendo a autarquia cancelar a licença até um ano.

Em 22 de março, o Supremo Tribunal de Justiça proferiu uma decisão que uniformiza a jurisprudência sobre a possibilidade de coexistirem, num mesmo prédio, habitação permanente e habitação temporária para fins turísticos.

A decisão, na prática, implica a proibição de instalar alojamento temporário em frações autónomas destinadas a habitação permanente num prédio de propriedade horizontal.

O programa Mais Habitação começou hoje a ser votado na especialidade, na Assembleia da República. Antes da interrupção dos trabalhos para o plenário, os deputados do grupo de trabalho votaram um terço das páginas com as cerca de três centenas de propostas a votação.

Fonte: Lusa

Habitação

Governo não avança mais informação sobre garantia pública

A garantia pública no crédito à compra de casa por jovens foi aprovada, mas dúvidas mantêm-se.

Habitação

Pinheiro Manso ganha novo empreendimento de apartamentos

O novo condomínio conta com 20 apartamentos de tipologias T1 a T4.

Habitação

Sines abre candidaturas para apoiar famílias carenciadas no arrendamento

Autarquia vai subsidiar famílias com carências habitacionais.

Leia mais

Habitação

Governo não avança mais informação sobre garantia pública

A garantia pública no crédito à compra de casa por jovens foi aprovada, mas dúvidas mantêm-se.

Gastronomia

“Snacks” saudáveis para levar para a praia e piqueniques

Descubra ideias simples e saborosas!

Habitação

Pinheiro Manso ganha novo empreendimento de apartamentos

O novo condomínio conta com 20 apartamentos de tipologias T1 a T4.

Alojamento Local

Governo prolonga prazo para pagamento da taxa do Alojamento Local

A revogação desta taxa vai ser discutida no parlamento no próximo dia 20 de junho .