Créditos

CGD vai reduzir ‘spread’ de créditos à habitação de clientes em dificuldades

Maio 26, 2023 · 11:49 am
Imagem de Yusuke Kawasaki from Tokyo, Japan, CC BY 2.0 , via Wikimedia Commons

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai reduzir em 50 pontos base o ‘spread’ contratado pelos clientes com crédito à habitação própria permanente que estejam com dificuldades em pagar os empréstimos, disse à Lusa fonte oficial.

Esta medida de redução do ‘spread’ (margem comercial do banco) soma-se à bonificação de juros que o Governo atribuirá a clientes bancários com crédito à habitação que tenham muitas dificuldades em pagar os créditos (segundo determinados critérios), dizendo a CGD que este é o “seu contributo para aliviar os encargos das famílias com crédito à habitação em resultado da rápida subida das taxas de juro”.

Medida complementa bonificação de juros

Para beneficiar desta medida, os clientes têm de pedir acesso aos juros bonificados do crédito à habitação junto do seu banco, este tem de ser aprovado e não podem ter atrasos no pagamento das prestações à CGD.

A medida será aplicada “durante o segundo semestre de 2023, de julho a dezembro, em complemento da bonificação de juros suportada pelo Estado Português”, refere a CGD. Esta medida já tinha sido anunciada esta semana pelo presidente executivo da CGD, Paulo Macedo, no CEO Banking Forum, que decorreu em Lisboa.

A CGD diz ainda, na resposta à Lusa, que já renegociou mais de 9.000 créditos dos seus clientes.

PR fez apelo à banca

Há duas semanas, o Presidente da República declarou-se “esperançado de que a banca esteja acordada para o problema” dos créditos à habitação, e “o Banco de Portugal também”, considerando que nesta matéria cabe ao Governo atuar “numa escala mais pequena”.

O chefe de Estado apontou o nível dos juros dos créditos à habitação como um problema para o qual não se vê ainda “uma saída” e que se verifica “ao mesmo tempo que aquilo que a banca está a pagar a quem utiliza a banca é muito pouco”.

Questionado sobre as palavras do Presidente da República, o governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, disse que os bancos “têm a obrigação de acompanhar aqueles que estão em dificuldade e encontrar respostas”, até porque têm uma função social.

Contudo, acrescentou, as medidas devem ser “muito focadas em situações, de facto, de dificuldade”, e não aplicadas à generalidade dos clientes, pois isso leva a que muitos possam usar essas medidas por “mimetismo” e estar-se a criar problemas de futuro, com as pessoas a terem de voltar a pagar a totalidade das prestações bancárias “numa altura em que o ciclo económico não pode ser melhor do que hoje”.

O Governo tem dito que a bonificação de juros pode chegar a 100 mil famílias e custar 100 milhões de euros.

Lucros da CGD duplicaram no primeiro trimestre

Nos primeiros três meses de 2023, os lucros da CGD quase duplicaram para 285 milhões de euros.

Os bancos têm apresentado lucros elevados suportados no aumento da margem financeira pela diferença entre os juros cobrados no crédito (que aumentaram significativamente com a subida das taxas de juro pelo Banco Central Europeu) e os juros pagos nos depósitos (que continuam relativamente baixos).

Fonte: Lusa

Investimento

Investidos 226 milhões em imobiliário comercial na AM do Porto

O retalho representa 41% do investimento em imobiliário comercial no Grande Porto, entre o início de 2023 e abril deste ano.

Investimento

Imobiliário representa 60% do investimento direto estrangeiro no 1.º trimestre

O IDE em Portugal totalizou 1.000 milhões de euros, no primeiro trimestre do ano.

Impostos

Isenção IMT e Imposto do Selo chega a todos jovens independente do rendimento

Jovens até aos 35 anos terão isenção total de IMT na compra de casas até 316.772 euros

Leia mais

Investimento

Investidos 226 milhões em imobiliário comercial na AM do Porto

O retalho representa 41% do investimento em imobiliário comercial no Grande Porto, entre o início de 2023 e abril deste ano.

Investimento

Imobiliário representa 60% do investimento direto estrangeiro no 1.º trimestre

O IDE em Portugal totalizou 1.000 milhões de euros, no primeiro trimestre do ano.

Habitação

Recuperação das vendas de casas provoca nova aceleração nos preços

A nova subida de preços reflete uma recuperação das transações entre fevereiro e abril deste ano.

Decoração

Decoração inspirada nas Eras de Taylor Swift

A febre Taylor Swift pode inspirar a decoração de sua casa!