Turismo

Câmara do Funchal não vai suspender alojamento local

Julho 21, 2023 · 8:53 am
Imagem de Erik Karits por Pixabay

O presidente da Câmara Municipal do Funchal (PSD/CDS-PP), Pedro Calado, afirmou não ser necessário suspender o alojamento local no concelho, destacando que o setor tem contribuído para a recuperação de imóveis.

“Hoje, no concelho, existem 2.275 licenças de alojamento local, isto num universo de mais de 40 mil habitações permanentes para residência, o que significa que o rácio global do concelho é entre 4,7% e 5%”, disse, no final da reunião semanal do executivo.

Reabilitação urbana avançou “graças ao AL”

Pedro Calado referiu existir uma predominância de alojamento local na Baixa do Funchal, sobretudo na freguesia da Sé, sublinhando que “foi graças ao alojamento local que a reabilitação urbana avançou, permitindo a recuperação de imóveis, que está a trazer mais pessoas para o centro”.

No seu entender, neste setor há ainda “espaço de manobra para manter a atividade”, que está a ser monitorizada com regularidade, “não sendo ainda o momento de suspensões, até porque a Câmara do Funchal quer que se faça a recuperação patrimonial dos prédios devolutos ou degradados”.

Consumo de drogas aumenta na Madeira

Sobre outros temas abordados nesta reunião, o autarca realçou que o município tem em fase de preparação um regulamento para impedir a ocupação abusiva dos espaços públicos, contribuindo para retirar pessoas sem-abrigo das ruas.

A Estratégia Municipal para as Pessoas Sem-Abrigo, acrescentou, identificou que, no que diz respeito a estas pessoas, o grande problema não são as carências económicas, mas os consumos de drogas, sobretudo as sintéticas.

Pedro Calado reconheceu que o consumo de drogas tem “aumentado quer na Madeira, quer nos Açores”, tendo o município “há muito tempo colocado o dedo na ferida e alertado para este problema”, bem como para a necessidade de colaboração institucional entre todas as entidades de forma a resolver a situação.

O autarca congratulou-se com a inauguração recente, no Funchal, do laboratório da Polícia Judiciária para análise das substâncias sintéticas, o que vai permitir a sua identificação num período menor e melhorar ação policial. No âmbito do combate ao consumo de droga, o município já encerrou várias ruas e prédios devolutos, criou uma casa solidária e tem promovido a sensibilização nas escolas, entre outras medidas.

O presidente do principal município da Madeira defendeu a necessidade de um “trabalho legislativo” nos parlamentos regional e nacional para “permitir uma maior e melhor resposta a este problema”. “Também não gosto de ver indivíduos a dormir na rua em frente de uma igreja, de um estabelecimento comercial ou de uma unidade hoteleira”, afirmou, sublinhando ser precisa ação no terreno” de modo a resolver o problema.

Construção de 33 fogos em S. Martinho avança este ano

Pedro Calado anunciou, por outro lado, que a construção de 33 novos fogos de habitação na zona da Nazaré, freguesia de São Martinho, numa empreitada na ordem dos 4,2 milhões (cerca de 500 mil euros abaixo do valor base), vai ter início no último trimestre deste ano.

Outra das decisões hoje tomadas foi a aprovação de contratos para a prestação de serviços de limpeza em todos os edifícios do município, envolvendo duas empresas, no valor de 1,4 milhões.

A autarquia aprovou igualmente a continuidade do apoio aos estudantes do ensino superior, com a atribuição de dois milhões de euros, dos quais 1,5 milhões já foram pagos. “Vamos continuar a reforçar os apoios sociais”, declarou.

Fonte: Lusa

Turismo

Viagens de residentes ao estrangeiro atingem máximo histórico

A procura turística dos residentes em Portugal cresceu 21,5% em 2023, avança o INE.

Turismo

Unidades hoteleiras perspetivam taxa de ocupação acima dos 70% na Páscoa

Turistas portugueses lideram a procura nos principais mercados nacionais.

Turismo

Portugal arrecada 31 “óscares” europeus do turismo

Na gala europeia dos "World Travel Awards", vários destinos nacionais foram distinguidos.

Leia mais

Dinheiro

Rendas das casas sobem 7,1% em maio

Lisboa registou o maior aumento, de acordo com o INE.

Profissionais

Contagem decrescente para a V Conferência da Promoção Imobiliária

A Secretária de Estado da Habitação, Patrícia Gonçalves Costa, discursa no início da tarde na Conferência da Promoção Imobiliária.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.

Habitação

Governo vai apresentar revisão da lei dos solos no próximo mês

A revisão da lei pretende acelerar respostas para criar mais habitação acessível e a preços controlados.