Créditos

Avaliação bancária das casas aumenta para 1.580 euros/m2

Maio 27, 2024 · 9:54 am
Imagem de Angel Fernández Rincón por Pixabay

O valor mediano de avaliação bancária na habitação chegou aos 1.596 euros por metro quadrado (m2), em abril de 2024, um aumento de 7,0% face ao mesmo mês em 2023, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em termos nominais, o aumento homólogo foi de 105 euros. Já comparando com o mês de março, a variação em cadeia foi de 1,0%, um aumento de 16 euros.

A avaliação bancária, realizada no âmbito de pedidos de crédito para a aquisição de habitação, sobe consecutivamente desde dezembro de 2023. O número de avaliações bancárias em abril deste ano foi cerca de 31,9 mil, o que representa uma subida de 4,4% face ao período anterior e um aumento de 49,9% em termos homólogos.

Açores com aumento expressivo

A Região Autónoma dos Açores apresentou o aumento mais expressivo face ao mês anterior (2,5%), tendo as restantes regiões registado variações positivas, com exceção do Algarve que apresentou uma variação nula.

Face a abril de 2023, o valor mediano das avaliações cresceu 7,0%, observando-se a variação mais intensa na Região Autónoma dos Açores (19,7%), não se tendo verificado qualquer descida.

Numa análise por regiões NUTS III, em abril de 2024, a Grande Lisboa, o Algarve, a Península de Setúbal, o Alentejo Litoral e a Região Autónoma da Madeira apresentaram valores de avaliação 46,2%, 32,2%, 13,9%, 12,7% e 12,5%, respetivamente, superiores à mediana do país.

Pelo contrário, o Alto Alentejo, Beiras e Serra da Estrela e Alto Tâmega e Barroso foram as regiões que apresentaram valores mais baixos em relação à média do país (-48,3%, -46,7% e -45,8% respetivamente).

Lisboa tem avaliação por m2 mais elevada

O valor mais elevado da avaliação bancária foi na Grande Lisboa (2.333 euros/m2) e o mais baixo no Centro (1.084 euros/m2).

Nos apartamentos, o valor mediano foi 1.769 euros/m2, aumentando 6,1% relativamente a abril de 2023 e 0,6% em relação a março.

Nas moradias, o valor foi de 1.248 euros/m2, mais 9,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior e mais 0,7% do que em março.

O número de avaliações bancárias em abril foi de 31.868 (20.294 apartamentos e 11.574 moradias), mais 49,9% em termos homólogos (em abril de 2023 tinha-se registado uma redução homóloga de 34,3%) e 4,4% acima de março.

Dinheiro

Rendas das casas sobem 7,1% em maio

Lisboa registou o maior aumento, de acordo com o INE.

Impostos

Aprovada isenção de IMT e do imposto de selo para jovens na compra de casa

A proposta do Governo foi aprovada com os votos a favor de PSD, Chega, IL, CDS-PP e PAN.

Créditos

Taxa de juro mista atinge recorde de 75% dos novos empréstimos

Em abril, os empréstimos com taxa de juro mista representavam 22% do "stock" de créditos à habitação.

Leia mais

Habitação

Lisboa aposta em construção mas deve prosseguir com reabilitação

Em 2023, a autarquia licenciou mais fogos reabilitados do que nova construção.

Dinheiro

Rendas das casas sobem 7,1% em maio

Lisboa registou o maior aumento, de acordo com o INE.

Profissionais

Contagem decrescente para a V Conferência da Promoção Imobiliária

A Secretária de Estado da Habitação, Patrícia Gonçalves Costa, discursa no início da tarde na Conferência da Promoção Imobiliária.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.