Habitação

Abertas candidaturas para nova cooperativa no Carvalhido

Junho 21, 2024 · 10:00 am
Hera.coop

A gestora profissional de cooperativas MOME abriu candidaturas para uma nova cooperativa de habitação situada na zona do Carvalhido, no Porto, que terá 98 apartamentos e representa um investimento de 34 milhões de euros, foi ontem revelado.

Em declarações à Lusa, o fundador e presidente da MOME, Francisco Rocha Antunes, esclareceu que o projeto começou a ser pensado há cerca de um ano e meio e se inspirou em modelos já criados em Madrid, capital espanhola.

“As nossas cooperativas, em relação às cooperativas históricas, têm três características novas, são digitais, transparentes e sustentáveis”, referiu o fundador.

Designado por Hera.Coop, o projeto contará com 98 apartamentos, distribuídos por um edifício com dois blocos, e 44 fogos de tipologia T0, 28 de tipologia T2 e 26 de tipologia T3.

Este, que é o “primeiro projeto de grande escala” da MOME representa um investimento cooperativo de 34 milhões de euros, “consistindo numa oferta de habitação com preços a partir de 187 mil euros”.

Projeto já está licenciado

Localizado no cruzamento entre a Rua de Monsanto e a Rua 9 de Abril, na zona do Carvalhido, o projeto do gabinete Hori.zonte prevê a utilização de métodos “construtivos inovadores e materiais sustentáveis”.

Os interessados podem aderir à cooperativa através da submissão de uma proposta para avaliação da viabilidade financeira da MOME, após a qual será apresentado o projeto.

“O projeto está licenciado, portanto não há risco de licenciamento, que é muito forte em Portugal pelo tempo que pode demorar. Não tem risco de licenciamento, não tem risco de orçamento de construção nem do financiamento à construção, que já está contratualizado”, esclareceu, acrescentando que está é garantido um seguro de sinal.

Depois de reunidos todos os cooperadores, a construção avança, estimando Francisco Rocha Antunes que tal possa acontecer a partir de novembro.

Este é o segundo projeto cooperativo da MOME, depois de em Lavradores, em Vila Nova de Gaia, ter avançado com um projeto da autoria da Cerejeira Fontes Architects de 13 moradias (sete casas-jardim e seis casas-rio).

Criada em 2021, a MOME pretende construir entre quatro e cinco novas cooperativas por ano, fruto de um investimento cooperativo de 700 milhões de euros.

Fonte: Lusa

Dinheiro

Preço mediano da habitação sobe 5% no 1.º trimestre para 1.644 euros/m2

Os preços de habitação mais elevados são em Lisboa, em Cascais e Oeiras.

Habitação

Os bairros mais “cool” para viver em Lisboa

Descubra quais são!

Habitação

Lisboa facilita arrendamento a pessoas com mobilidade condicionada

Quase 70% das residências existentes em Lisboa não têm entrada acessível a cadeira de rodas.

Leia mais

Dicas

10 atividades ao ar livre perfeitas para as férias em família

Ideias originais para animar o seu verão!

Turismo

Proveitos totais do alojamento turístico subiram 12,2% até maio

Nos primeiros cinco meses do ano foram registados 11,3 milhões de hóspedes e 27,7 milhões de dormidas em Portugal.

Decoração

Como transformar um imóvel comum numa casa de luxo sem gastar muito

Saiba como criar um ambiente mais sofisticado em sua casa.

Dinheiro

Preço mediano da habitação sobe 5% no 1.º trimestre para 1.644 euros/m2

Os preços de habitação mais elevados são em Lisboa, em Cascais e Oeiras.