Habitação

100 mil vales de eficiência energética podem ser entregues até 2025

Outubro 23, 2023 · 10:07 am
Imagem de Mrsiraphol no Freepik

O programa Vale Eficiência, cuja segunda fase, lançada na sexta-feira, tem uma dotação de 104 milhões de euros, prevê a entrega de 100 mil vales de eficiência energética até 2025 a famílias economicamente vulneráveis.

A medida insere-se nos investimentos cobertos pelo Plano de Recuperação e Resiliência e destina-se a pessoas que vivam em condições de “pobreza energética”.

“O objetivo é que as famílias possam investir na melhoria do conforto térmico da sua habitação, por via da realização de intervenções estruturais e da substituição ou aquisição de equipamentos e soluções energeticamente eficientes”, anunciou o Ministério do Ambiente e da Ação Climática.

Candidaturas a partir de 20 de novembro

As candidaturas podem ser apresentadas através de juntas de freguesia ou diretamente na plataforma do Fundo Ambiental, a partir de 20 de novembro.

Ao contrário do que acontecia até agora, em que cada agregado só podia receber um vale de 1.300 euros (+IVA), podem agora ser atribuídos até três vales por beneficiário, no valor máximo de 3.900 euros, a utilizar em uma ou mais tipologias de intervenção.

Este valor pode ser gasto em janelas eficientes, bombas de calor, isolamento, sistemas solares térmicos, caldeiras e recuperadores a biomassa com elevada eficiência e instalação de painéis solares.

Nesta segunda fase do Programa Vale Eficiência houve ainda um alargamento do universo de beneficiários:



  • Além de quem usufrua da tarifa social de eletricidade, também as famílias em que pelo menos um dos membros do agregado seja beneficiário de prestações sociais mínimas podem candidatar-se;

  • Os arrendatários de imóveis passam, de igual modo, a ser elegíveis ao apoio.


Bolsa de facilitadores apoia candidaturas

Foi constituída uma bolsa de facilitadores para ajudar à submissão de candidaturas de famílias e fornecedores (facilitadores administrativos e facilitadores técnicos), além da simplificação dos procedimentos de aprovação.

Por fim, prevê-se o adiantamento de 20% aos fornecedores com a cativação do(s) vale(s) e acelera-se os prazos de pagamento, tornando estas intervenções mais aliciantes para os fornecedores.

A rede de facilitadores recorre a parcerias com a Rede Nacional de Agências de Energia (RNAE) e com a Associação Nacional de Juntas de Freguesia (ANAFRE), promovendo-se deste modo uma abordagem de proximidade. Pretende-se, deste modo, chegar aos beneficiários, mesmo que estes não saibam que o apoio existe.

Empresas

Investidores privados compram edifício de escritórios Corpo Santo 13

A antiga sede da Fidelidade, no Cais do Sodré, é atualmente ocupada pelo Tribunal da Relação.

Empresas

Mercado de escritórios em Lisboa e Porto regista forte dinâmica

Volume de absorção no Porto cresceu 82%, o melhor resultado dos últimos cinco anos.

Habitação

Recuperação das vendas de casas provoca nova aceleração nos preços

A nova subida de preços reflete uma recuperação das transações entre fevereiro e abril deste ano.

Leia mais

Dinheiro

Rendas das casas sobem 7,1% em maio

Lisboa registou o maior aumento, de acordo com o INE.

Profissionais

Contagem decrescente para a V Conferência da Promoção Imobiliária

A Secretária de Estado da Habitação, Patrícia Gonçalves Costa, discursa no início da tarde na Conferência da Promoção Imobiliária.

Habitação

Porta 65 Jovem com novas regras de acesso

Presidente da República promulgou o diploma do Governo que alarga o acesso ao Porta 65 Jovem.

Habitação

Governo vai apresentar revisão da lei dos solos no próximo mês

A revisão da lei pretende acelerar respostas para criar mais habitação acessível e a preços controlados.